/Confira quanto custa ir à Copa na Rússia e aproveitar para visitar locações de grandes filmes

Confira quanto custa ir à Copa na Rússia e aproveitar para visitar locações de grandes filmes

Todos os caminhos levam para a Rússia em 2018, ano em que o país vai sediar a Copa do Mundo. Aproveitando a estadia no país, é possível visitar locações de filmes como “Missão Impossível: Protocolo Fantasma” e “Arca Rússia” – incrível longa gravado todo em um plano sequência de 96 minutos.

O site de busca de preços Skyscanner calculou quanto é necessário para ir ver Neymar, Cristiano Ronaldo e outros craques de perto.

Ao final, os valores estão divididos em três tipos de viajantes: mochileiro, que gosta de um pouco mais de conforto e quem quer aproveitar o país de forma bem confortável.

Passagens aéreas

Os vôos partem de São Paulo e vão até Moscou, com saída marcada para o dia 13 de junho (um dia antes do início da Copa) e volta dia 16 de julho (um dia depois) estão custando aproximadamente R$ 4.619, com 23 horas de viagem. Se quiser viajar um pouco mais rápido, há opções por R$ 5.837, com 16 horas de voo.

Quem quiser aproveitar ainda mais o país – e tiver muito tempo de sobra -, pode ir dia 11 de junho e voltar no dia 18 de julho pagando R$ 3.893.

Ingressos

A forma de venda para a Copa 2018 será igual a da de 2014, ou seja, é preciso entrar no site da Fifa, indicar qual ingresso gostaria de comprar e aguardar o sorteio para definir se você terá o ingresso ou não.

São quatro categorias de preços, uma para os russos e três de acordo com os assentos nos estádios. O jogo de abertura custa entre 220 e 550 doláres (R$ 704 e R$ 1.760, respectivamente), e o jogo final, entre 455 e 1.100 dólares (R$ 1.456 e R$ 3.520, respectivamente). A Fase de Grupos é a mais barata para quem quiser assistir.

Veja na tabela abaixo mais detalhes:

Copa do Mundo 2018 - Rússia Ingressos

Transporte

O transporte terrestre entre as cidades sede da Copa do Mundo será gratuito para que tiver os ingressos do jogo, mas é preciso se cadastrar no site tickets.transport2018.com.

O metrô será o principal meio de locomoção. Em Moscou, a passagem simples custa 55 rublos (R$ 2,90) e você pode conferir outras tarifas no site oficial do metrô de Moscou. Em São Petersburgo, a passagem custa 35 rublos (R$ 1,87); já em Kazan, custa 25 rublos (R$ 1,33).

Moscou, com 12 partidas, e São Petersburgo, com 7, são as sedes com mais jogos durante a Copa. As outras nove cidades-sede são Kazan, Nizhny Novgorod, Samara e Sochi, cada uma com 6 jogos, e Kaliningrad, Saransk, Rostov-on-Don, Ekaterinburg e Volgogra, com 4 jogos em cada uma.

O Skyscanner pesquisou alguns valores entre os países sedes (valores para junho de 2018):

Moscou – São Petersburgo: trem rápido R$ 374; avião R$ 487
Moscou – Kazan: trem standard R$ 227 (11h 37min); avião R$1.600 (5h 55min)
Moscou – Nizhny Novgorod: trem rápido R$ 224 (3h35)
Moscou – Samara: avião R$ 1.892 (5h45)
Moscou – Sochi: trem standart R$ 656 (23h 26min); avião R$ 2.262 (6h15)
Moscou – Kaliningrad: avião R$ 614 (4h 40min)
Moscou – Saransk: trem standart R$ 205,82 (8h 38min)
Moscou – Rostov-on-Don: trem standart R$ 288 (17h 34min); avião entre R$ 720 (29h50) e R$ 3.089 (29h)
Moscou – Ekaterinburg: trem standart R$ 364 (26h); avião R$ 810 (30h) ou R$ 1.770 (6h)
Moscou – Volgogrado: avião R$ 168 (1h 50min)

Alimentação

Quem quer pagar melhor – pois sabemos que em época de Copa do Mundo todos os preços sobem -, deve fugir do centro da cidade e ir para as tradicionais cantinas russas, buffets (paga-se pelas porções que colocar no prato) ou por restaurantes que sirvam um combinado do dia.

Quem optar pelo buffet, deve pagar entre 350 e 600 rublos (R$ 18-30); em restaurantes à la carte, você encontra preços que variam entre 600 e 1.000 rublos (R$ 30 -50). Há também diversos fast food russos, que servem saladas, batatas recheadas e blinis, panqueca típica do Leste Europeu – custam cerca de 250 rublos (R$ 13,36).

Hospedagem

Mesmo com os preços aumentando na época da Copa do Mundo, espere encontrar uma cama em dormitório de hostel a partir de 600 rublos (R$ 32), hotéis 3 estrelas por 3.300 rublos (R$ 176) e quartos de hotéis mais luxuosos por 14.800 rublos (R$ 800) em qualquer uma das cidades.

Ou ainda recorrer ao Air BNB, que também funciona na Rússia.

Atrações

Moscou

A Rússia é tão espetacular que, entre um jogo é outro, é obrigatório conhecer mais Moscou ou a cidade-sede que você estiver. Uma opção super barata em Moscou é conhecer as estações de metrô. As construções debaixo da terra são cheias de detalhes, dos lustres ao mármore, algo incomum de se ver em outras estações pelo mundo.

Também é possível visitar o Kremlim, sede do governo russo e passar pela muralha vermelha (500 rublos = R$ 26).  A área externa serviu de locação para “Missão Impossível: Protocolo Fantasma”, quando Ethan Hunt (Tom Cruise) foge de explosões. Ainda dentro da muralha, mas na face leste, é obrigatório (e você não vai querer sair de Moscou sem) visitar a incrível Praça Vermelha, onde está localizada, por exemplo, a Catedral de São Basílio nas suas impressionantes cores e formas.

Kremlin é a sede do governo russo
Kremlin é a sede do governo russo

As únicas atrações pagas na Praça Vermelha são a Catedral, que custa 250 rublos (R$ 13,30), e o Museu Histórico do Estado, por 350 rublos (R$ 18,70). O Mausoléu do Lênin, o Muro do Kremlin, a Catedral Kazan e a loja de departamento GUM têm acesso gratuito.

Em geral, templos religiosos costumam ter entrada gratuita também. Museus custam em média 300 rublos (R$ 16), e teatros oferecem passeios guiados. O Teatro Bolshoi, por exemplo, cobra 1.300 rublos (R$ 69) por tour, e os ingressos para espetáculos podem variar de 100 a 15.000 rublos (R$ 7 a R$ 900).

teatro bolshoi - Rússia Copa do Mundo 2018
O imponente interior do Teatro Bolshoi

São Petersburgo

Tem o Museu Hermitage (600 rublos = R$ 32), na Praça do Palácio, um complexo de cinco prédios que abriga um vasto acervo de arte e história, sendo comparado ao Museu Louvre em tamanho e importância. Aqui foi gravado o incrível “Arca Russa”, do diretor Alexandr Sukurov. Ele filmou o longa em um plano sequência com 2 mil figurantes. Vale a visita para conhecer os corredores do museu, além das belas obras de artes.

 

hermitage museum - Rússia - Copa do Mundo 2018
Museu Hermitage é comparado em importância (e tamanho) ao Louvre

A entrada em templos religiosos costuma ser cobrada, destaque para a Catedral St. Isaac (cerca de 250 rublos, R$ 13) e para a Church of the Savior on Blood (250 rublos, R$ 13), representada na fotografia acima. A Ilha de Petrograd é uma atração gratuita, se você considerar apenas o passeio pelo Forte de Pedro e Paulo, mas o Museu Histórico Militar, a Catedral de São Pedro e São Paulo e a antiga Casa de Pedro I custam 300, 330 e 200 rublos (R$ 16, R$ 17 e 10) respectivamente.

No quesito museus, os preços variam entre 150 e 350 rublos (R$ 8 e R$ 18). Se tiver que escolher algum para visitar, dê preferência ao Museu da História Política da Rússia (200 rublos = R$ 10).

Sendo assim, confira quanto fica ao final de acordo com os perfis:

Mochileiro

Se você curte futebol, mas está sem grana, a dica é ir para a Rússia seguindo as indicações do “perfil mochilão”. Vá a atrações gratuitas e assista os jogos nas Fan Fests – tenha em mente que se você não adquire o ingresso do jogo, você deve pagar pelo seu transporte entre as cidades-sede.

Se a ideia é fazer uma viagem bem econômica justamente para comprar o maior número de ingressos possível, se joga no perfil mochilão também! Considerando que você consiga assistir a abertura, 1 jogo das oitavas, 1 jogo das quartas, 1 da semi e a final, todos na categoria 3 (mais barata), acrescente no cálculo final mais R$ 4 mil.

Com os jogos inclusos, o total seria: R$ 10.109

Médio Conforto

Você preza por conforto, gosta de futebol, mas não tem dinheiro pra esbaldar? Procure por hotéis 3 estrelas, libere um pouco mais no almoço e no jantar e aproveite para ir em mais jogos e entrar em mais atrações.

Em relação às atrações, espere gastar em torno de R$ 300 indo nas principais de Moscou e São Petersburgo, considerando no valor final um espetáculo no Teatro Bolshoi (em cabines laterais, mais em conta). E para os jogos, considerando que você consiga assistir a abertura, 1 jogo das oitavas, 1 jogo das quartas, 1 da semi e a final, todos na categoria 2 (melhor localizada no estádio e com preço intermediário entre as categorias 1 e 3), acrescente no cálculo final mais R$ 6.464.

Com atrações e os jogos inclusos, o total seria: R$ 16 mil

Super Conforto

O perfil super conforto foi calculado considerando o melhor de uma viagem para a Rússia, sem preocupação com os gastos em hospedagem e alimentação. Em relação às atrações, podemos considerar como base o mesmo valor do Perfil Médio Conforto, R$ 300, e ainda acrescentar um renomado espetáculo no Teatro Bolshoi e alguns outros passeios nos arredores das cidades-sede, fechando a conta das atrações em torno de R$ 800.

Se você assistir o jogo de abertura, mais 3 jogos da fase de grupos, 1 jogo das oitavas, 1 jogo das quartas, 1 da semi e a final, todos na categoria 1, espere gastar em torno de R$ 11.648.

Com atrações e os jogos inclusos, o total seria: R$ 36.648

Fonte: Skyscanner