/Guia revela a Madrid de Almodóvar
Circulo de Bellas Artes

Guia revela a Madrid de Almodóvar

Por: Bruno Porciuncula

Impossível dissociar Pedro Almodóvar de Madrid. Os filmes do cineasta espanhol mostram uma cidade colorida e fascinante. Para guiar esse passeio pela capital espanhola, o comunicólogo Sacha Azcona lançou o livro “El Madrid de Almodóvar” (Amazon, R$ 5,69 em Ebook Kindle) que reúne locações dos filmes e os restaurantes, museus e lojas ao redor, além de curiosidades de Madrid através dos cenários dos longas do diretor.

A ideia de escrever o livro se deu após assistir “A Má Educação” e procurar saber onde ficava o cinema amarelo e chamativo que aparece no longa. Ele descobriu que era em Valência e que muitas pessoas buscavam em fóruns e artigos as locações dos filmes do diretor. Daí veio o interesse em escrever os cenários de Madrid, onde Azcona nasceu.

>> LENÇÓIS MARANHENSES NO FILME DOS VINGADORES

“O interessante foi adicionar restaurantes, livrarias, museus e cantos especiais de Madri em torno desses cenários, para que cada visita fosse muito mais enriquecedora e especial. Ou seja, a visita que faz de você um amigo da cidade, uma visita com coração e carinho, algo que os guias típicos não fazem”, afirmou em entrevista ao A Volta ao Mundo em 80 Filmes.

Maratona “Almodovariana”

Para escrever o guia, ele assistiu à todos os filmes de Almodóvar – ele chega a colocar no livro os diálogos feitos nas locações – e ia parando as imagens para reconhecer os lugares. Facilitou o fato de que Almodóvar concentra suas filmagens nas mesmas regiões de Madrid, como Chueca, Malasaña, Conde Duque, Salamanca e Centro, onde Azcona trabalhou e morou. “Depois de encontrar as locações especiais, também mostro o encanto ao redor. Naturalmente, tive que visitar todos os lugares para que a informação estivesse atualizada”, explicou Azcona.

>> CONHEÇA CINCO LUGARES QUE SOFREM COM TURISTAS

Mas teve um lugar que foi mais difícil de encontrar: um quartel em Conde Duque. Na famosa cena de “A Lei do Desejo” (1987), Carmem Maura (musa do diretor) pede a um desconhecido que a regue em frente à um quartel. “No filme, o local foi coberto com andaimes, e isso complicou”, contou.

Sacha Azcona na sacada onde foi filmado “Mulheres À Beira de um Ataque de Nervos”, o primeiro sucesso mundial do diretor espanhol
Madrid del Almodovar
A cena na sacada de “Mulheres à beira de um Ataque de Nervos”
Encantos de Madrid

Como bom madrilenho, Azcona tem sua parte preferida da Madrid dos filmes de Almodóvar: o Círculo de Bellas Artes. O centro cultural localizado na calla de Alcal tem um teatro “fantástico”, que já foi um cinema onde Azcona assistiu “Forrest Gump” e “Sabrina”, de Billy Wilder. “Suas exposições são fantásticas e o baile de máscaras é um clássico de Madrid. Seus restaurantes também são lugares obrigatórios no verão”, disse entusiasmado.

>> TREM TURÍSTICO HOMENAGEIA GRACILIANO RAMOS

Azcona também fala com amor sobre sua cidade. “Madrid é cheia de vida. É uma cidade segura, cheia de gente de diversas culturas. Por isso os madrileños são tao abertos e gostamos de fazer os turistas se sentirem em casa”, diz.

E será que Azcona é fã de Almodóvar? “Não, sou um fã de Madrid”, completa.

Livro “vivo”

O guia “El Madrid de Almodóvar” é um livro diferente do que o público está acostumado. Publicado na Amazon, a edição digital tem as direções dos lugares que podem se conectar com o GPS do smartphone.

A edição em papel é impressa sob demanda. Quando alguém compra, a Amazon imprime, encaderna e envia para o consumidor diretamente ou para uma livraria física em 72 horas.

>> MUSEU DO CINEMA EM LONDRES É O PARAÍSO PARA O CINÉFILO

Essas opções fazem com que o livro esteja sempre atualizados. “Quando houver um filme novo ou um novo prato em um restaurante, pego meu smartphone e atualizo a versão em papel e digital. O leitor vai sempre ter um livro ‘vivo'”, explicou.